USOS LEXICAIS NO AMAPÁ E EM SERGIPE: DENOMINAÇÕES PARA O CAMPO SEMÂNTICO CONVÍVIO E COMPORTAMENTO SOCIAL

DESCRIÇÃO

O português brasileiro apresenta variedades de norte a sul do país, especialmente no léxico costuma-se observar a presença de variantes de maneira mais significativa. Há usos lexicais empregados em determinados lugares e regiões que são totalmente desconhecidos por falantes de outras; por isso, acredita-se que conhecer melhor o vocabulário da língua empregada em regiões diferentes do país não só contribui para uma melhor visualização das reais concretizações dessa língua, como também permite a ampliação de estudos que se voltem à descrição linguística local/regional, a fim de elucidar determinadas realizações que, geralmente, estão associadas às questões socioculturais do local. A ação tem como objetivo promover trocas linguístico-culturais entre UNIFAP e UFS por meio de divulgação em forma de áudios, imagens e textos referentes às denominações lexicais relativas ao campo semântico “convívio e comportamento social” utilizadas no Amapá e em Sergipe, a fim de produzir um glossário online. Para isso, a coordenadora desse trabalho na UNIFAP e sua equipe coletam os dados por meio de um questionário eletrônico; apontam os usos mais recorrentes no falar amapaense; e os acadêmicos da UFS realizam o mesmo em Sergipe; em seguida, de forma integrada, através das redes sociais ou meio similar, as duas equipes realizam a sistematização dos dados, apontando as diferenças, caso haja, entre os dois estados no tocante às denominações observadas. Para finalizar, será proposto um debate online entre os integrantes das duas equipes acerca dos resultados obtidos. Resultados Previstos: Glossário online (material no site); Publicação de artigo (material escrito).

Programação

11/12 a 15/03 - pesquisa e preparação do glossário

15/03/2019 a 20/03/2019 - realização de debates virtuais e divulgação on-line do glossário

Coordenação

Profa. Dra. Celeste Maria da Rocha Ribeiro

Letras/UNIFAP/Campus Marco Zero

Profa. Dra. Raquel Meister Ko. Freitag

DLEV/PPGL/UFS

Equipe

Acadêmicos de iniciação científica (3), de graduação (5) da UNIFAP